Síndico inventa roubo após gastar dinheiro no jogo do bicho - Correio do Poder

24 de outubro de 2014

Síndico inventa roubo após gastar dinheiro no jogo do bicho

Homem afirmou ter mentido porque ficou com medo de represálias dos condôminos e da própria esposa

Na última terça-feira (14), um síndico de 63 anos de um edifício em Maringá, na região norte do Paraná, registrou um boletim de ocorrência. Ele afirmava ter sido sequestrado e roubado, o que resultou no desaparecimento de R$ 165 mil do condomínio. Na sexta-feira (17), porém, em um novo interrogatório, o homem acabou voltando atrás e admitiu ter mentido, confessando ter gasto os R$ 165 mil do condomínio em apostas do jogo do bicho. As informações são do jornal O Diário.

Tudo começou na terça-feira, quando o síndico procurou a polícia afirmando ter sido roubado em um semáforo, logo após deixar o edifício para depositar o dinheiro dos condôminos em uma agência bancária. Os criminosos que o renderam estariam armados e o levaram até Paraíso do Norte, onde liberaram o homem após pegarem o dinheiro.

Segundo o síndico, o dinheiro ficava em sua casa a pedido dos próprios condôminos, por conta de uma dívida do condomínio com a Sanepar. Após gastar o montante, o homem resolveu registrar um BO “frio” e inventar a história do sequestro seguido de roubo por medo de represálias dos 96 condôminos lesados e da própria esposa. Agora, ele pretende, “dentro de suas possibilidades financeiras” ressarcir os condôminos através da prestação de serviços ou em dinheiro.

O síndico foi indiciado e responderá criminalmente por falsa comunicação de crime e apropriação indébita.