Reforma em estação de tratamento de água diminuirá desperdícios - Correio do Poder

26 de novembro de 2015

Reforma em estação de tratamento de água diminuirá desperdícios

Obras iniciadas em 2013 estão previstas para ficarem prontas até o fim de 2015

Iniciadas em 2013, as obras de melhoria da Estação de Tratamento de Água do Rio Descoberto estão prestes a ser concluídas. De acordo com a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), a reforma, a recuperação estrutural e a impermeabilização estarão prontas até o fim de 2015. O contrato de execução da obra custou ao Executivo local R$ 9,2 milhões à época.

O coordenador de operação da estação, José Ricardo Ramos, explica que a reforma vai reduzir o desperdício de água, apesar de a perda média ser pequena. "Em agosto e em setembro deste ano, tivemos excelentes resultados. Os vazamentos do canal de água filtrada e da caixa efluente foram eliminados totalmente", comemora. O resultado, segundo ele, foi maior do que o esperado.

A estação foi construída em 1986. Dez anos depois, foi ampliada e reformada. Porém, ao longo do tempo, o uso e o contato constante com a água fez com que estruturas construídas em concreto armado fossem corroídas e apresentassem rachaduras nas paredes.

O processo envolveu remoção da impermeabilização antiga, a substituição das juntas de dilatação e o ajuste do sistema de filtros. Além disso, a lagoa de emergência (que serve para receber descargas de lodo em caso de vazamento) foi esvaziada e preparada para evitar contaminação do solo e do lençol freático da área.