Detran DF
Tudo muda com as nuvens. O governador do DF Ibaneis Rocha deve entrar para o partido Progressistas por onde disputaria a reeleição, tendo como vice o presidente do MDB local, Rafael Prudente

Foto: Denise Caputo.

A vitória do deputado Arthur Lira (PP-AL), na disputa da presidência da Câmara provocou fortes repercussões no cenário político do DF, voltado para as eleições de 2022.

Há forte indicativo nos bastidores de uma provável migração do governador Ibaneis Rocha (MDB) para o Partido Progressista do senador Ciro Nogueira(PP-PI).

Caso isso aconteça, há de se perguntar: quem seria o provável nome para se tornar vice da futura chapa de Ibaneis com vistas às eleições de 2022?

A suposta mudança de partido, por parte de Ibaneis, a pedra mais visível aos olhos fixados no tabuleiro político de Brasília tem nome e sobrenome e está do outro lado da rua do  Buriti: Rafael Prudente, presidente pela segunda vez consecutiva da Câmara Legislativa.

Um jovem político que ganha luz própria desde 2014, quando foi eleito pela primeira vez a deputado distrital, acumula experiência no âmbito da gestão pública e sabe exatamente o seu tamanho para compor uma chapa majoritária no embate eleitoral do próximo ano.

Em março de 2019, Prudente foi eleito presidente do MDB no Distrito Federal, em substituição ao ex-vice-governador Tadeu Filippelli, que controlava o partido desde 2009.

Prudente teve o apoio de 64 dos 70 membros do diretório distrital para se tornar o dirigente da legenda no DF que atualmente comanda o governo do Distrito Federal na pessoa do governador Ibaneis Rocha.

No atual cenário, uma chapa puro-sangue, composta por dois emedebistas (Ibaneis/Prudente), em meio a tantos outros aliados partidários,  seria impensável, segundo os estrategistas políticos ligados ao mesmo grupo.

A mudança de Ibaneis do MDB para o PP  abriria a chance real de Rafael Prudente se tornar o próximo vice de Ibaneis que continua nadando de braçada na aprovação popular do DF, segundo as pesquisas realizadas até agora.

Neste provável contexto, a chapa majoritária ibanezista de 2022, segundo especula-se por aí, abrigaria o nome da deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) na disputa pela única vaga ao Senado.

A trilogia Ibaneis/Prudente/Flávia seria para muitos, a chapa dos sonhos para desencorajar qualquer adversário, mesmo aqueles que estão em situação cômoda, no meio do mandato, como o senador Izalci Lucas(PSDB) e a senadora Leila do Vôlei(PSB).

Se sofrerem uma derrota acachapante, na disputa pelo Buriti, tanto Izalci como Leila  dificilmente se manterão em 2026 no mesmo patamar de agora.

Há também quem afirme que a deputada Celina Leão PP-DF), que foi do pelotão de choque de Arthur Lira na disputa pela presidência da Casa, não retorne mais para a Secretaria de Esportes do DF onde ficou por oito meses, deixando a vaga no parlamento para o seu suplente Tadeu Filippelli (MDB).

Sobre a Leoa dizem os especuladores de plantão que ela estaria propensa a disputar a reeleição como deputada federal em 2022 sem se arriscar em maiores aventuras.

Os novos ventos capazes de promover mudanças no cenário político do DF devem se confirmar mesmo só após as águas de março.

Fonte: Radar/DF.
Share To:

Rainne Del Sarto

Comentar:

0 comments so far,add yours

Comentários ofensivos serão deletados.