Detran DF


Cuidador de Idoso, Assistente de Recursos Humanos, Técnicas de Vendas, Assistente Administrativo, Recepcionista, Estoquista, Assistente de Logística, Agente Comunitário de Saúde e Operador de Caixa são as opções de cursos disponíveis
  

O Sistema Fecomércio Sesc-Senac lança nesta quinta-feira (17), às 9h, na Prefeitura de Luziânia, o projeto Capacitar-se no município. O programa de capacitação profissional está ofertando mais de 2 mil vagas em 9 cursos gratuitos para à população cuja renda per capita não ultrapasse dois salários mínimos. A ação é uma parceria com a Prefeitura Municipal.

Segundo o presidente da Fecomércio GO, Marcelo Baiocchi, a oferta de cursos profissionalizantes têm como objetivo impulsionar a economia da região e oferecer oportunidade de emprego para a sociedade. "Se qualificarmos a mão-de-obra da população vamos atender a demanda de vagas ofertadas na cidade. Com profissionais capacitados, as empresas vão contratar, uma vez empregadas as pessoas terão condições de consumir e isso movimenta a economia", destaca.

Para o diretor do Sesc-Senac, Leopoldo Veiga Jardim, o programa Capacitar-se é uma ferramenta de inclusão social. Ele também pontua que os cursos ofertados correspondem a atual necessidade do mercado de trabalho. "Vamos levar para Luziânia um projeto que irá transformar a vida das pessoas. Os cursos gratuitos do Senac são de alta qualidade e reconhecidos nacionalmente. O mercado de trabalho exige cada vez mais capacitação e é por isso estamos levando esses cursos para o município", afirma.

O programa Capacitar-se faz parte do Programa Senac de Gratuidade (PSG). Os cursos são online e as vagas são para: Cuidador de Idoso; Assistente de Recursos Humanos; Técnicas de Vendas; Assistente Administrativo; Recepcionista; Estoquista; Assistente de Logística; Agente Comunitário de Saúde e Operador de Caixa.

Assim como Luziânia, o lançamento dos cursos gratuitos do programa Capacita-se já ocorreu nos municípios de Aparecida de Goiânia, Catalão, Goiânia, Itumbiara e Trindade.
Share To:

Eduardo Santos

Comentar:

0 comments so far,add yours

Comentários ofensivos serão deletados.