Detran DF


Trecho de 6,5 quilômetros conta com nova sinalização e recuperação com Tratamento Superficial Duplo (TSD). Cidade localizada na região Nordeste está inclusa na primeira etapa do programa Goiás em Movimento – Eixo Municípios. Investimentos do Governo de Goiás para reforma e construção da unidade somam mais de R$ 754 mil. Nova especialidade oferece conforto a pacientes, que não precisam mais se deslocar até 800 km em busca de tratamento. "Essa realidade mudou", assegura Caiado.  Em Simolândia e Alvorada do Norte, foram realizadas 324 visitas técnicas a famílias em situação de vulnerabilidade social.  Programa já está em 10 municípios e meta do governo estadual é atingir todas as regiões goianas
  
Fotos: Cristiano Borges.

O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta sexta-feira (02), a ampliação da Policlínica da Região Nordeste, em Posse. Ao todo, foram investidos R$ 754.719,34 para reforma, construção e aquisição de materiais médicos hospitalares. A população local passa a contar com serviços de hemodiálise. A unidade tem seis cadeiras montadas e em pleno funcionamento. Já são atendidos 24 pacientes regularmente. "Isso é trazer dignidade, respeito à vida e às pessoas que moram nessa regional", declarou.

A expectativa é de que sejam implementadas mais 12 cadeiras na segunda etapa da expansão. Em breve a unidade poderá atender até 80 pessoas. A principal vantagem mencionada pelo governador é o conforto de quem depende desse tipo de tratamento. "Antes o cidadão tinha de deslocar até 800 quilômetros, ida e volta, para buscar atendimento. Essa realidade mudou", garantiu Caiado.

Para viabilizar as sessões de hemodiálise, o Estado montou a estrutura e garantiu a presença de um médico nefrologista. Além disso, a unidade conta com serviço de transporte sanitário eletivo, ou seja, micro-ônibus à disposição dos usuários em terapia renal substitutiva. Dois veículos buscam os pacientes em seus respectivos municípios para a realização do tratamento e, depois, levam-nos de volta para casa. "Aqui fazemos medicina de verdade", definiu Caiado.

Medicamentos de alto custo
O Governo de Goiás também iniciou, em 07 de junho, o serviço de distribuição dos medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica, em Posse. "Cada policlínica no Estado terá um posto de distribuição. Ou seja, as pessoas terão acesso sem ter que se deslocar até Goiânia", projetou o governador.

"Já temos 350 pacientes [da região Nordeste] cadastrados para receber medicamentos que antes só vinham da Central Estadual de Medicamentos de Alto Custo Juarez Barbosa, em Goiânia", relatou o titular da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), Ismael Alexandrino.

Com o serviço regionalizado, os moradores locais deixam de se deslocar até a capital para cadastro e retirada dos remédios. Agora, tanto a solicitação, que é feita por e-mail, quanto a dispensação, em que o paciente busca os medicamentos e passa por uma consulta clínica farmacêutica, ocorrem na unidade de saúde de Posse.

Sobre a Policlínica
A Policlínica da Região Nordeste foi a primeira unidade de saúde desse modelo inaugurada, em Goiás. Os atendimentos começaram em março de 2020. Desde então, atende a população de 31 municípios goianos que integram as regiões Nordeste 1 e 2, Entorno Sul e Entorno Norte. Isso representa mais de 1,2 milhão de habitantes.

A unidade possui 3.775 metros quadrados de área construída, 26 consultórios, 16 salas para exames, posto de coleta do laboratório, farmácia, posto de enfermagem, central de esterilização de material e salas destinadas à administração.

A expectativa é de que, no auge da capacidade operacional, a policlínica realizará mais de 10 mil consultas em diversas especialidades médicas e até 25 mil exames de diagnóstico por mês.

Carreta da Prevenção

No local também está situada a Carreta da Prevenção, uma unidade móvel de prevenção ao câncer de mama e colo uterino. A estrutura percorre os municípios da Macrorregião Nordeste de Goiás e oferece exames de mamografia e papanicolau a mulheres que se enquadrem nos critérios de inclusão. O objetivo é permitir o diagnóstico precoce, que possibilita chance de cura de 95%.

Governo inaugura reconstrução do perímetro urbano da rodovia GO-108, em Posse
Caiado durante entrega da reconstrução de 6,5 quilômetros do perímetro urbano da GO-108, em Posse: "Sem promessas que não sejam cumpridas e, sim, com obras que, depois de prontas, venho para inaugurar" (Foto: Cristiano Borges)

Na abertura de sua agenda nesta sexta-feira (02), em Posse, no Nordeste goiano, o governador Ronaldo Caiado entregou a reconstrução do perímetro urbano da GO-108, no trecho do entroncamento da BR-020 ao da GO-446. Com investimento total de R$ 2,1 milhões, a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) executou serviço de reconstrução, com Tratamento Superficial Duplo (TSD), e implantou nova sinalização em 6,5 quilômetros da via.

"Não podemos admitir condições diferentes entre aqueles que moram no território goiano", garantiu Caiado, ao frisar que é compromisso do Estado levar saúde, educação, segurança pública, infraestrutura, oportunidade de emprego a todos, sem quaisquer distinções. "Mas sem promessas que não sejam cumpridas, e sim com obras que, depois de prontas, eu venho para inaugurar, resgatando a esperança da população na voz de políticos honestos e transparentes, que possam governar o Estado e aplicar o dinheiro com responsabilidade", pontuou.

O presidente da Goinfra, Pedro Sales, destacou que Posse é município de referência para o Estado, considerado a "capital" da macrorregião do Nordeste Goiano. No entanto, não dispunha de uma malha asfáltica condizente. "Vimos um cenário de desestímulo, desolador", descreveu. "Decidimos restaurar seu acesso com alargamento da plataforma para que, com a marcação dos tachões, o guardrail e a sinalização, que a gente ainda vai avançar, tenha também uma pista de caminhada e uma de ciclismo, criando na entrada um espaço para a prática esportiva e de lazer", ressaltou.

 Reconhecimento
O prefeito de Posse, Dr. Helder Bonfim, reconheceu os investimentos do Governo de Goiás. "Quanto mais apoio, melhor", disse. Segundo ele, a cidade carece de ajuda, tanto do âmbito federal quanto estadual. E, agora, "no governo de Ronaldo Caiado, estamos tendo a oportunidade de melhora do nosso município e da região como um todo", assegurou. 

Prefeito de Goianira, Carlos Alberto Andrade de Oliveira, o Carlão da Fox, aproveitou o momento para agradecer a vitória na eleição da Associação Goiana dos Municípios (AGM). "Estou acompanhando o governador em todos os eventos para que eu possa conhecer os 245 prefeitos, para nos tornarmos cada vez mais fortes", destacou.

Líder da bancada goiana na Câmara dos Deputados, a deputada Flávia Morais afirmou que, por onde passa em Goiás, tem visitado várias obras tocadas pela administração estadual. "O recurso que a gente traz, o governo tem executado. O senhor pegou, quando assumiu, dificuldades de todas as ordens e enfrentou todas com posicionamento, firmeza, sabendo onde queria chegar, sabendo o que precisava fazer. Está na hora de começar a entregar, a colher", destacou.

Também presente no evento, o deputado Lucas Vergílio declarou: "Éramos acostumados a ir aos municípios falar de obras futuras, mas depois não tinha entrega ou nem lembrávamos quanto tinha sido. A gente fica até assustado com a velocidade", afirmou.

Entre os deputados estaduais, Bruno Peixoto pediu à população que compare 20 anos de governos passados com dois anos e meio da gestão de Caiado. "Rasgo o meu diploma se neste governo não tiver mais benefício", desafiou. Da mesma forma, o deputado estadual Tião Caroço elogiou a gestão de Ronaldo Caiado. "Quem está de parabéns não é o governador, mas o povo de Posse, que soube votar. Caiado cumpre seu dever, como sempre fez como deputado federal. É um homem que olha para os humildes, para o agronegócio", disse.

Já Iso Moreira disse que, em Posse, um grande trabalho já foi feito. Citou diversas intervenções em rodovias da região, como a GO-447 e GO-110, a Rodovia do Boi, que enfim foram agilizadas e uma ponte que, após espera de 40 anos, foi licitada e, em seis meses, teve o aterro concluído. "O senhor tem feito muito por nós. O Nordeste [goiano] está mudando". Na sequência, o deputado estadual Paulo Trabalho reforçou seu compromisso em auxiliar o Governo de Goiás. "Vamos continuar na missão de dar forças ao governador para executar o trabalho que precisa ser feito em Goiás", afirmou.

Goiás em Movimento
Posse integra a primeira etapa do programa Goiás em Movimento – Eixo Municípios. O programa será executado via celebração de convênios com as gestões das cidades goianas, para a realização de serviços de recapeamento asfáltico, drenagem e sinalização horizontal de malha viária urbana em pontos definidos por cada prefeitura. Nesta primeira fase, serão contemplados 100 municípios goianos, com investimentos de até R$ 200 milhões. Os serviços serão realizados de forma completa até a sinalização horizontal na nova capa asfáltica.

Por meio da Goinfra, o Governo de Goiás investe R$ 1 bilhão em obras de pavimentação, recuperação da malha viária, construção de pontes, entre outras ações nas estradas e nos municípios até o final de 2021. Até o início do segundo semestre serão entregues mil quilômetros de rodovias reformadas, em trechos estratégicos para o desenvolvimento goiano – uma meta que já está em execução.

Os investimentos em infraestrutura são realizados dentro do programa Goiás em Movimento, dividido pela Goinfra em eixos – pavimentação, duplicação, obras civis, sinalização, pontes e outros. No escopo do programa estão a implantação e a substituição de mais de 180 pontes e a entrega de obras prioritárias do biênio 2021/2022, a maioria aguardada há anos por moradores de regiões historicamente negligenciadas por gestões passadas, caso do Norte e Nordeste goianos, além do Entorno do Distrito Federal.

Há ainda construções e reformas de hospitais, unidades penitenciárias, ginásios de esportes e outras edificações executadas sob a responsabilidade técnica da Goinfra.

Vistoria veicular
Caiado ainda comentou a respeito da portaria que acaba em definitivo com a concessão da vistoria veicular em Goiás, regulamentando o credenciamento de empresas por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás. A nova regulamentação permite credenciamento de novas empresas, o que aumenta a concorrência e possibilita maior eficiência no serviço, com a criação de novos postos de vistoria no Estado. "Baixando, assim, o preço para o cidadão, com valor compatível a todos aqueles que sofrem neste momento de uma pandemia, de desemprego e de diminuição de renda", disse em vídeo divulgado nas suas redes sociais.

A mudança é resultado de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de outubro do ano passado, que acatou pedido feito em 2015 pelo Democratas nacional, por intermédio do então senador Ronaldo Caiado. "Desde que era senador da República, entrei com todas as ações para que pudéssemos derrubar o que acontecia em Goiás, onde uma única empresa tinha a concessão", pontuou o governador. "Durante todo esse tempo, lutamos para que o Estado não fosse penalizado por nenhuma multa ao romper contratos existentes", completou.

O STF declarou inconstitucionais as leis editadas na gestão anterior que disciplinavam a concessão de serviços de inspeção veicular a empresas privadas. No entendimento do relator, ministro Celso de Mello, houve usurpação da competência da União para legislar sobre matéria inerente ao transporte e trânsito de veículos terrestres (artigo 22, inciso XI da Constituição Federal). Ele explicou que essas categorias somente serão passíveis de regulamentação estadual se a União, mediante lei complementar, delegar essa prerrogativa ao estado-membro quanto a questões específicas.

Com a decisão, foram declarados inconstitucionais os incisos XX e XXI do parágrafo 2º do artigo 1º da Lei estadual 13.569/1999, que atribui à Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) a execução de serviços de inspeção e vistoria veicular. Também foi declarada inconstitucional a integralidade das Leis estaduais 17.429/2011 e 18.573/2014, sobre autorização do Detran/GO para conceder a empresas privadas credenciadas, por meio de licitação, a prestação do serviço público de vistoria veicular, técnica e óptica.

Goiás Social é lançado em Simolândia e Alvorada do Norte
A presidente de honra da OVG e coordenadora do GPS, primeira-dama Gracinha Caiado, durante lançamento do Goiás Social nos municípios de Simolândia e Alvorada do Norte: "Queremos levar capacitação, reforma, crédito social e dignidade às famílias goianas".

As cidades de Simolândia e Alvorada do Norte, no Nordeste goiano, receberam as primeiras ações do programa Goiás Social. A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, esteve nas duas cidades, nesta quinta-feira (1º/07), e reforçou o compromisso de dar dignidade e qualidade de vida aos que mais precisam. "Queremos tirar as famílias da vulnerabilidade e oferecer caminhos de superação da pobreza. Queremos levar capacitação, reforma, crédito social e dignidade às famílias goianas", destacou.

Com a ação desta semana, o Goiás Social chega a marca de 10 municípios atendidos. "Nós estamos indo na casa das pessoas para saber qual a condição que elas estão morando, saber se o filho está na escola, se o pai ou a mãe tem algum problema de saúde. E é isso que precisamos continuar a fazer", disse o governador Ronaldo Caiado.

Nos dois municípios, foram realizadas visitas técnicas de analistas sociais para identificação de goianos em situação de vulnerabilidade. A ação realizada em três dias contou com a participação de 30 técnicos, que fizeram o serviço de levantamento em 324 casas. Em Simolândia, 156 famílias foram entrevistadas. Já em Alvorada, 168. O levantamento leva em consideração as condições de moradia, emprego, renda, educação e atendimento nos programas sociais dos governos estadual e federal. "Nós entramos na casa das pessoas, nós observamos as desproteções em que elas vivem e nos propomos a ajudar", afirmou a primeira-dama, ao reforçar a parceria do Estado com as prefeituras goianas. "Tenham a certeza de que vocês têm uma parceira em mim", declarou.

O programa, coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS) com o apoio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), envolve diversas pastas estaduais com as prefeituras participantes. Durante o levantamento, em Alvorada do Norte, a prefeita do município, Iolanda Holiceni Moreira, destacou a importância do projeto para a geração de emprego, renda e melhores condições de vida às famílias contempladas. "É um programa inovador que representa um divisor de águas na vida dessas pessoas. Com o Goiás Social, os beneficiados terão mais conforto, capacitação profissional e novas condições de trabalho", projetou.

Em Simolândia, a presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado, foi recebida com cartazes e homenagens organizadas por estudantes e servidores da rede pública estadual de ensino. O ato, realizado no Cras das Famílias, marcou o lançamento do Goiás Social na cidade. Durante a solenidade, o deputado estadual Iso Moreira, no ato representando a prefeita do município, Ildete Gomes Ferreira, disse que a ação representa um marco para a história da cidade. "É um programa muito importante, que leva apoio, dignidade, habitação e uma série de outros benefícios", avaliou o deputado.

Nesta primeira etapa do Programa, são verificadas as desproteções sociais e como a população mais carente pode ser contemplada dentro dos benefícios que o projeto propõe, como reformas de moradias, cursos de alfabetização para adultos e de qualificação e capacitação profissional, o que possibilita a geração de renda na comunidade.

Também é assim com o Crédito Social, um recurso voltado para aqueles que participam dos cursos de capacitação e que pretendem empreender. Esse é o caso da Lilian de Oliveira da Silva, de 32 anos, mãe de duas meninas, de 10 e 3 anos de idade. A caçula tem problemas cardíacos e doença hepática crônica. Com o programa, ela espera participar do curso de beleza para montar um salão no bairro da família. "Meu sonho é ter meu próprio negócio e conseguir alimentar minhas filhas com dignidade", relatou emocionada.

Também com o objetivo de se capacitar para aumentar a renda da família, Juceliana Pereira da Silva, 38 anos, mãe biológica de dois adolescentes e adotiva de duas crianças, sonha com a casa reformada e com espaço para ela comercializar os tapetes que já produz e vende para os vizinhos. "Deus tarda, mas não falha. Acredito nesse programa e sei que agora nossa vitória vai chegar", afirmou com esperança.

Nesta primeira visita, além dos questionários, também são entregues benefícios da OVG, como cestas básicas, cobertores e brinquedos para as crianças. Além de Simolândia e Alvorada do Norte, o programa já está em andamento nas cidades de Americano do Brasil, Edéia, Monte Alegre, Cavalcante, Morro Agudo, Nova América, Matrinchã e Amaralina.

Goiás Social
O Programa Goiás Social é uma ação de governo criada para o enfrentamento às desproteções sociais nos municípios goianos, que tem como eixos centrais a identificação, articulação, integração e o resultado real na vida das famílias, comunidades e cidades. As ações do Goiás Social envolvem alfabetização de adultos, qualificação e capacitação profissional, transferência de recursos para as pessoas que passarem pelas capacitações, possibilitando geração de renda para essas famílias, bem como a reforma de casas.

O programa chegará aos municípios Goiás e seus bairros mais vulneráveis, seguindo critérios de vulnerabilidade social do Índice Multidimensional de Carência das Famílias Goianas (IMCF), cálculo feito pelo Instituto Mauro Borges (IMB) com base nos dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Esse índice mostra com detalhes os bairros, municípios e regiões do Estado com maior carência, levando em conta informações sobre renda, educação e moradia das famílias.
Share To:

Paulo Melo

Comentar:

0 comments so far,add yours

Comentários ofensivos serão deletados.