IESB

Confira 5 dicas de como usar o seu décimo terceiro



Fim de ano chegando, promoções típicas de Natal e Ano Novo batendo à porta. E, por incrível que pareça, muitos assalariados vão ter aquela "surpresinha" positiva quando abrirem seu aplicativo de gestão financeira: afinal, neste mês, boa parte dos brasileiros recebe aquele respiro conhecido como 13º salário

Foto: Renan Oliveira.

No ano passado, segundo o Dieese, o 13º salário injetou mais de R$ 215 bilhões na economia brasileira entre novembro e dezembro. Este ano, deve alcançar a marca de R$ 200 bilhões.

Ao ver o dinheiro a mais em sua conta, muitos vão pensar em sair gastando nesses últimos meses do ano. É até uma forma de se aliviar pelo período pesado pelo qual a Covid-19 impôs à sociedade. Mas, de acordo com o educador financeiro do Sicoob, Eduardo Souza Trigueiro, este é o momento de manter os pés no chão.

"O décimo terceiro pode ter diversas caras, dependendo da necessidade de quem recebe. Existem aqueles que estão endividados e querem quitar algumas dessas dívidas. Outros estão de olho em descontos no varejo e pensam que é uma boa hora para gastar. O ideal é fazer as contas", diz.

O primeiro passo, segundo o especialista, é quanto você ganha - não esqueça de anotar seu salário de forma líquida e não bruta. Em seguida, coloque em uma planilha ou em uma folha de papel quais são seus gastos mensais. E em terceiro lugar, liste suas dívidas.

"O décimo terceiro pode ser colocado na terceira coluna desta tabelinha. Você tem que ver na sua frente quanto vai te sobrar e qual sua margem para gastos no mês", explica. Mas tenha calma. Não é porque te sobrou mil reais, por exemplo, que você vai sair gastando tudo.

"Não vale se empolgar e desperdiçar o dinheiro que tem em mãos. O certo é reservar uma parte, não importa o quanto, para eventuais emergências. E, também, pensar que em breve começa um período que exige muito das finanças dos brasileiros – o início de ano", pontua.

IPVA, IPTU, materiais e rematrículas escolares, entre outros gastos podem desanimar qualquer um. Mas se você tiver planejado desde novembro, com o dinheiro "a mais" que caiu na sua conta, vai ficar tudo bem.

"O planejamento financeiro é aquela tarefa árdua, que a gente sempre diz que quanto mais cedo começar, melhor. Agora é o melhor momento para parar, olhar a sua situação e pensar e planejar as suas finanças", conclui o especialista.

Clínicas financeiras: seguras, gratuitas e abertas à população

Se mesmo com as dicas do educador você ainda não conseguiu iniciar seu planejamento financeiro, o Sicoob dispõe das Clínicas Financeiras Virtuais – um serviço gratuito, simples e rápido, em que qualquer pessoa pode obter orientações com especialistas para organizar as finanças. Basta acessar o site, se cadastrar e agendar um papo on-line.

Veja as dicas rápidas do educador financeiro para o bom uso do décimo terceiro:
  1. Não gaste tudo de uma vez
  2. Quite suas dívidas essenciais
  3. Guarde o necessário para pagar as contas de início de ano
  4. Pense em poupar parte do dinheiro e fazer uma reserva de emergência
  5. Acesse o site das Clínicas Financeiras Virtuais do Sicoob e tenha orientações gratuitas com especialistas para acertar sua vida financeira
Sobre o Sicoob 
O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, Sicoob, possui 4,7 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por mais de 390 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas/entidades de: meios eletrônicos de pagamento, consórcios, DTVM, seguradora e previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras. A rede Sicoob é a quarta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 3 mil pontos de atendimento. As cooperativas integrantes do Sistema oferecem aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras.

Sobre o Sicoob DFMil
A cooperativa Sicoob DFMil foi criada em Brasília-DF e se aproxima dos 14 anos de história. Hoje a instituição atua em todo o Distrito Federal. São mais de 7 mil associados atendidos em 29 cidades e R$900 milhões em ativos administrados. Sempre atenta aos compromissos com a sociedade, a cooperativa, ao lado de seus colaboradores e cooperados, promoveu doação de mais de R$60 mil em ações sociais no último ano.

A agência Sicoob DFMil fica localizada no seguinte endereço: C1 Lote 09/10, Loja 04 - Taguatinga Centro, Brasília - DF. O telefone para contato é o (61) 3223-0953.

Você já conhece todos os produtos Sicoob DFMil para o seu condomínio?

Foi pensada exatamente para facilitar seu trabalho e gerar resultados ainda melhores!!

Entre em contato com nosso atendimento:

(61) 99650-7013 | (61) 9 9852-5725 | condominio@sicoobdfmil.coop.br

Telefones fixos: 61) 3223-0953 | (61) 3344-8707

Telefones celulares: (61) 9 9650-7013 | 61 9 9852-5725

E-mail: condominio@sicoobdfmil.coop.br

E-mail: dfmil@sicoobdfmil.coop.br

Site: www.sicoobdfmil.coop.br
Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem