IESB

Inglês para viajar: o que você precisa saber?

Créditos: divulgação

Na retomada de roteiros internacionais, conhecimentos básicos podem ajudar turistas de primeira viagem

A vacinação avançada em muitos países e, com ela, a aparente redução dos riscos de contaminação pela covid-19 já estão fazendo muitas pessoas sonharem com a volta das viagens internacionais. Visitar um novo país e aproveitar a gastronomia, a cultura e a rotina de um lugar diferente são programas muito mais simples quando se fala um outro idioma, como o inglês.

Idioma oficial em países de várias partes do mundo, o inglês é a língua materna de cerca de 500 milhões de pessoas, além de ser a língua oficial de trabalho de organizações como as Nações Unidas e a União Europeia. Por fim, milhares de pessoas também escolhem o idioma como língua adicional, o que o torna a língua mais estudada do mundo. Por isso, encontrar alguém que fale inglês é relativamente simples em qualquer país. De acordo com a assessora de conteúdo do PES English, Carolina Veloso, “o inglês atualmente é o idioma mais usado no mundo para a comunicação entre pessoas que não falam o mesmo idioma. Assim como nós, brasileiros, também os argentinos, alemães e franceses, por exemplo, não aprendem inglês só para se comunicar com norte-americanos ou britânicos, mas para poder falar com qualquer outra pessoa, de qualquer outra nacionalidade, que também domine esse idioma”. 

Essas características fazem do inglês o que se chama de “língua franca”, ou seja, ele é um idioma de contato que um grupo de falantes multilíngues desenvolve ou elege intencionalmente para que todos consigam se comunicar uns com os outros. Em hotéis, pontos turísticos, aeroportos, e muitos restaurantes, é esperado encontrar pessoas que falem o idioma.

Gramática não é tudo

Fazer um bom uso das regras gramaticais de qualquer idioma é necessário para que a comunicação seja mais fluida e assertiva. No entanto, ter apenas um bom conhecimento da gramática não adianta. “Ninguém gostaria de ficar preso do lado de fora do seu quarto de hotel, por exemplo, e não saber pedir à recepção como fazer para entrar. Nesse exemplo, é mais importante passar a mensagem desejada de forma rápida e eficiente, em vez de usar corretamente a gramática nos mínimos detalhes”, explica Carolina.

De acordo com a especialista, cometer pequenos deslizes gramaticais e até mesmo carregar no sotaque não são grandes problemas quando o assunto é falar outra língua. O que realmente importa é se comunicar de maneira inteligível e transmitir as mensagens de forma clara.

Frases e expressões que salvam vidas

“Sempre nos deparamos com uma série de situações inusitadas e novas quando viajamos, mas há outras que se repetem, como rotinas em aeroporto, imigração, hotel, restaurante, farmácia, entre outros”, lembra a assessora. Por isso, saber falar e compreender algumas frases e expressões é fundamental e pode ajudar qualquer viajante.

O aeroporto é um dos lugares em que você pode precisar se comunicar, já que é necessário saber seu portão de embarque, o horário do seu voo, como fazer check-in e mais: 

  • Onde fica o portão 2? – Where is gate number two? 
  • Onde eu retiro minha bagagem? – Where do I claim my luggage? 
  • Onde e como eu posso fazer meu check-in? – Where and how can I check-in? 
  • Aqui está meu passaporte. – Here is my passport. 
  • O voo está atrasado. – The flight is delayed. 
  • Embarque próximo. – Proceed to gate. 
  • Embarque imediato. – Now boarding. 
  • Voo fechado. – Flight closed. 
  • Que horas o voo sai? – What time does the flight  leave? 
  • Seu voo foi cancelado. – Your flight’s been cancelled.  

Assim que você chegar ao seu hotel, precisará fazer o check-in e conversar sobre sua reserva. Também pode ser que você tenha problemas ou coisas para resolver durante sua estadia. Estas são algumas frases que podem ajudar: 

  • Tem um quarto disponível? – Is there a room available? 
  • Eu gostaria de fazer meu check-in. – I’d like to check-in. 
  • O café da manhã está incluso? – Is breakfast included? 
  • Você tem serviço de quarto? – Do you have room service? 
  • Que horas o almoço é servido? – What time is lunch? 
  • Que horas é o meu check-out? – What time is my check-out? 
  • Qual a senha do wi-fi? – What is the wi-fi password? 
  • Eu tenho uma reserva em nome de xxxx. – I have a reservation under the name of xxxx. 

Na hora de comer, é imprescindível saber como fazer seu pedido e outras frases importantes, como pedir a conta: 

  • Eu vou querer um refrigerante. – I’ll have a soda/soft drink. 
  • Eu vou querer macarrão. – I’ll have the pasta. 
  • Você pode me trazer a conta? – Can you bring me the check/bill, please? 
  • Você tem opções vegetarianas? – Do you have vegetarian options? 
  • Eu gostaria de fazer meu pedido. – I’d like to order. 
  • Posso ver o cardápio? – Can I see the menu, please? 
  • Eu sou alérgico a glúten. – I’m allergic to gluten. 
  • Que horas o restaurante fecha? – What time does the restaurant close? 

Por fim, turistas costumam experimentar situações mais ou menos parecidas. Algumas delas podem ser mais simples se você tiver na manga um arsenal variado de frases: 

  • Como posso chegar ao museu? – How can I get to the museum? 
  • Você pode tirar uma foto pra mim, por favor? – Can you take a picture for me, please? 
  • Quanto custa o ingresso? – How much is the ticket? 
  • Obrigado. – Thank you. 
  • Com licença. – Excuse me. 
  • Eu estou perdida/o. – I’m lost. 
  • Você pode repetir? – Can you repeat, please? 
  • Você pode me ajudar? – Can you help me? 
  • Onde fica o banheiro? – Where is the restroom? 
  • Eu não falo inglês muito bem. – I don’t speak English very well. 

Três dicas de inglês para quem vai se aventurar no exterior 

A especialista separa três conselhos importantes para todos aqueles que estão retomando seus planos de visitar o exterior e querem se defender bem em inglês. O primeiro é estudar antes de viajar. “Estude o destino, o mapa, os pontos turísticos. Esteja o mais preparado possível para saber circular no destino e chegar aos lugares que deseja, resolver pequenos problemas e visitar o que pretende. Assim você já saberá os nomes dos lugares e pode antecipar as frases que precisará utilizar.” 

Também ajuda ter um bom conhecimento sobre as possíveis formas de se locomover no destino. “Use e abuse do Google Maps. Busque planejar seu roteiro do dia com atividades na mesma área e procure com antecedência os caminhos que precisará fazer caso use um táxi ou transporte por aplicativos. Treine as frases para se comunicar com os motoristas, como ‘siga o GPS, por favor’ (follow the GPS, please).”

A dica final é simples, mas indispensável: tenha acesso à internet. “Ter um chip de internet vai deixar sua viagem muito mais prática. Você poderá consultar o Google e tirar quaisquer dúvidas que surgirem em tempo real”, lembra.

_____________________

Sobre o PES English

O PES English é um programa de Inglês avançado destinado a escolas particulares. Ele oferece aos professores assessoria pedagógica especializada, portais de conteúdo e uso da língua inglesa, além de materiais didáticos internacionais publicados pela Cambridge University Press. Presente em mais de 260 escolas em todo o país e atendendo a mais de 55 mil alunos, a solução educacional tem como objetivo desenvolver as habilidades de leitura, fala, escrita e escuta do Inglês em alunos entre 3 e 16 anos. Com certificação e reconhecimento internacionais, o PES também oferece a escolas e alunos assessoria na administração e aplicação de exames de proficiência Cambridge Assessment English.


 

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem