Moradores do DF conhecem projeto de bairro planejado em Valparaíso de Goiás

Moradores de Valparaíso de Goiás e do Distrito Federal não perderam a oportunidade de conferir o projeto e o andamento adiantado das obras do Reserva do Vale Bairro Parque, lançado na cidade no último sábado, 2 de abril. Durante todo o dia, o estande do empreendimento, situado às margens da GO 040, de frente para o Shopping Sul, permaneceu cheio de visitantes



O corretor de imóveis Reinaldo Ferreira, que mora em Taguatinga, foi um dos profissionais que levou clientes para conhecer o projeto. E aproveitou também para comprar o seu próprio lote. "Para mim é um projeto inovador. Eu tanto acreditei na proposta que não estou somente vendendo, eu decidi viver aqui. Não conheço hoje um bairro no DF que tenha a proposta de segurança, lazer, integração e meio ambiente", relatou.

Já o executivo administrativo hospitalar, Marinaldo Barros, já tem casa própria em Valparaíso, mas decidiu junto com a esposa que irão construir um novo lar no Reserva do Vale. "Achamos muito importante a infraestrutura do bairro, a qual já pudemos constatar a qualidade graças às obras adiantadas. E a tranquilidade do local no animou", disse.

Com 56 alqueires de área, o que corresponde a 6,5 quilômetros lineares e uma área de aproximadamente 2,35 milhões de metros quadrados de extensão, o Reserva do Vale fica na região sul da cidade. Tem o entorno circundado por cerca de 500.000 metros quadrados de áreas verdes formados por vales e bosques, uma reserva de mata nativa que é uma barreira de segurança natural e, ao mesmo tempo, um pulmão verde e espaço de contemplação. Além de avenidas largas para os veículos, o projeto viário com quatro quilômetros de ciclovia será um convite para um deslocamento saudável e contemplativo. Terá ainda parques naturais.

No espaço, serão implantados condomínios horizontais, parques, áreas comerciais, espaços de conexão e integração para diversos segmentos, tais como hub de esportes, saúde e educação, entre outros equipamentos para mais de 20 mil moradores.
Nesta primeira etapa, serão negociados 521 lotes residenciais nos condomínios fechados Mirante do Vale e Brisas do Vale, e mais lotes para a área comercial na parte externa.

A arquiteta e urbanista, Virna Carvalho, responsável pelo desenvolvimento do projeto, lembrou que foram 10 anos de estudos, tempo que foi importante para se chegar a um desenho final que resultasse em um projeto sintonizado com as demandas de sustentabilidade, tecnologia e qualidade de vida tão almejados pela população. "Nosso principal objetivo é trazer vida para o lugar, estimular com que as pessoas se conectem com a natureza, fauna, flora e principalmente conexões com outras pessoas", disse. Ela explica que o interior de um vale e, por este motivo, o empreendimento leva o nome Reserva do Vale. Toda a estrutura do bairro estará cercada por uma reserva verde exclusiva e dará a sensação dos moradores em estarem vivendo entre montanhas.

O engenheiro Marcos Franco, um dos sócios do empreendimento, lembrou ainda que o bairro vai impulsionar também a economia. "Temos a perspectiva de criarmos um bairro com mais de 20 mil habitantes. Além das obras, serão muitos equipamentos e serviços implementados, o que gerará muitos empregos diretos e indiretos", lembrou. Só a fase de obras movimentará mais de 2000 mil trabalhadores, considerando as obras de implantação do bairro e das casas.

O mix de lojas e serviços que está sendo delineado pelos empreendedores, para atender à demanda dos futuros moradores, irá criar setores de integração entre os diversos segmentos e estimular no futuro um ótimo ambiente para negócios. "Será um novo ecossistema na região onde a sincronia entre o bem-estar, saúde, educação, moradia e trabalho se tornem referência para quem pensa em viver bem", conclui Cleberson Marques, gestor de vendas e consultor no desenvolvimento do projeto.

Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem