IESB

FLUNEWS por Raimundo Ribeiro: Coisas do Futebol



Desfalcado de Nino,  o Fluminense iniciou o clássico muito bem, dominando as ações e logo aos 9 minutos Cano faz 1x0 após um escanteio desviado por Manoel



O time  continuava dominando, com saídas de bola perfeitas até os 30 minutos.
 
Aí,  Ganso apareceu negativamente errando 3 passes seguidos,  e com isso o adversário atacou pela lateral esquerda onde se encontrava o improvisado Yago, e num chute de rara felicidade de fora da área,  o adversário empatou.

Continuamos melhor e numa arrancada de Arias,  o árbitro deixou de marcar uma falta(que merecia amarelo), na entrada da área.
 
Cano ainda perdeu um gol frente a frente com o goleiro,  e terminou o primeiro tempo, com o Fluminense dominando 2/3 do jogo.

Começa o segundo tempo e logo aos 5 minutos,  Yago perde uma grande oportunidade.
 
Aos 11 minutos,  em mais um erro de troca de passes no ataque,  levamos a virada, e pior quando o jogo estava controlado, que colocou o time num nervosismo inexplicável.

Aos 18  minutos,  Diniz tira Yago para entrada de Caio Paulista e Welington   cedendo o lugar para Matheus Martins.

Aos 24 minutos,  Matheus Martins perdeu um gol incrível frente a frente com o goleiro,  num passe perfeito de Ganso.

Aos 28 minutos,  o goleiro adversário faz uma defesa incrível numa cabeçada de Luiz Henrique e aos 30 entram Bigode e Felipe Melo para saída de Arias e David Braz.

A partir dos 30 minutos passou a ser um jogo de ataque contra defesa,  com o Fluminense imprensando o adversário.

Aos 36 minutos,  sai Samuel Xavier e entra JK.

Ainda deu tempo do goleiro adversário fazer 3 grandes defesas,  mas a zebra aconteceu, e terminamos o jogo com 6 atacantes,  o que mostra o destemor de Diniz,  que não teve culpa pela inesperada derrota.
 
Uma derrota que não estava nos planos,  afinal jogávamos contra um velho freguês,  em que nosso time foi melhor e levamos 2 gols em falhas individuais dos nossos jogadores,  e que o goleiro adversário fez defesas inacreditáveis.
 
São coisas que só acontecem no futebol,  mas uma boa atuação, com Diniz conseguindo implantar uma mentalidade ofensiva no time.
 
Agora,  é visitar o Juventude e buscar o reencontro com a  vitória no próximo domingo às 11 horas.

Bora FLUZÃO!

*Raimundo Ribeiro é apaixonado por futebol e naturalmente tricolor.

Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem