IESB

Rogério Cruz sanciona plano de carreira dos agentes de saúde e anuncia projeto para adoção do piso nacional

Estruturação garante evolução salarial dos servidores e estabelece adicional de produtividade no valor de R$ 300, de insalubridade e vale alimentação de R$ 400. “A partir de hoje, agentes comunitários de saúde e de combate à endemias podem contar com a evolução da carreira, melhores salários e benefícios”, afirma prefeito
image.png
Rogério Cruz sanciona plano de carreira dos agentes de saúde e anuncia projeto para adoção do piso nacional: estruturação garante evolução salarial dos servidores e estabelece adicional de produtividade no valor de R$ 300, de insalubridade e vale alimentação de R$ 400 | Foto: Jackson Rodrigues

O prefeito Rogério Cruz anunciou, nesta terça-feira (17/05), que está em elaboração projeto que concede piso nacional para agentes de saúde da capital. Anúncio foi feito durante assinatura da sanção do plano de carreira da categoria, em evento no Paço Municipal. A estruturação da carreira era uma demanda dos servidores há mais de 20 anos.

“É com imenso prazer que sanciono um plano de carreira reivindicado há anos por esta categoria tão importante para a saúde pública de Goiânia. Esse momento vai ficar marcado na vida de cada um de vocês e, com toda certeza, na minha também”, afirmou o prefeito.

A implementação do plano de carreira garante a evolução salarial dos servidores e estabelece adicional de produtividade de R$ 300, além de adicional por insalubridade e vale alimentação de R$ 400.

O prefeito ressaltou que, após aprovação pela Câmara Municipal do projeto do executivo que cria o plano de carreira dos agentes de saúde, foi promulgada pelo Congresso Nacional a Emenda Constitucional n° 120, que estabelece o piso nacional de dois salários mínimos para a categoria. “A prefeitura já trabalha no projeto para implantar o piso no município”, frisou.

“Fiquem tranquilos que a Secretaria de Governo já está trabalhando para enviarmos uma alteração legislativa que contemple a nova tabela de vencimentos e, assim, conferir justiça a cada um de vocês que lutam por este reconhecimento há décadas. Vocês têm em mim um aliado na defesa dos direitos de todos vocês”, disse.
image.png
Foto: Jackson Rodrigues

O secretário de Saúde, Durval Pedroso, classificou a sanção do plano de carreira como mais um gesto de uma administração que cuida das pessoas. Durval listou série de ações que irão beneficiar os servidores em curto prazo.

“Em 60 dias, a licitação dos uniformes vai estar pronta, e vocês vão recebê-los para trabalhar de forma adequada, sendo reconhecidos pelas famílias de Goiânia como servidores que estão trabalhando para cuidar da população. Ontem também demos início a uma licitação para a compra de 17 mil filtros solares. Isso mostra o zelo que a administração do prefeito Rogério Cruz tem pelo servidor e pela saúde do nosso município. O prefeito olha com respeito e a preocupação que só alguém que cuida de pessoas possui”, afirmou.

O líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador Anselmo Pereira, discursou em nome da Mesa Diretora da Casa. Decano do Legislativo, Anselmo destacou a importância histórica do ato. “Nós estamos fazendo história e estamos fazendo justiça para aqueles que trabalham de sol a sol. Rogério Cruz é um prefeito que sabe que não se administra se não fizer a coletividade feliz. O prefeito e os secretários seguem o lema cuidar das pessoas, e isso pode ser visto nas ações que realizam pela cidade”, disse.

O presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, Paulo Gomes de Brito, estava emocionado durante a cerimônia, e citou o trabalho realizado pela categoria pela saúde do município ao longo dos anos.

“Esse é um momento histórico na nossa vida. Há 20 anos atrás tínhamos os piores indicadores de saúde. Hoje você anda em Goiânia e não se acha uma criança desnutrida, porque agentes de saúde andam de casa em casa para combater mazelas”, afirmou.

O texto sancionado também instituiu a remuneração dos conselheiros tutelares no valor de R$ 6.110,71, a partir do mês de maio. “Nós estamos regulamentando a remuneração de quem trabalha e zela pela segurança de nossas crianças e adolescentes”, afirmou Rogério Cruz.

Também estiveram presentes na cerimônia os secretários Municipais Michel Magul (Governo), Tony Carlo (Comunicação), a chefe da Casa Civil, Rayssa Mello, e os vereadores Anselmo Pereira, Raphael da Saúde, Pedro Azulão Jr., Pastor Wilson, Willian Veloso, Sabrina Garcêz, Bruno Diniz, Geverson Abel e Joãozinho Guimarães.

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem