IESB

Leandro Nardy diz: Izalci vai para o segundo turno no DF!

Leandro Nardy finalizou de Brumadinho-MG, via telefone          Izalci vencerá o segundo tudo contra Reguffe ou Ibaneis. Caso, o          Arruda resolva sair, certamente também perderá para o tucano que          não conhece o sabor da derrota
Leandro Nardy finalizou de Brumadinho-MG, via telefone: "Izalci vencerá o segundo tudo contra Reguffe ou Ibaneis. Caso, o Arruda resolva sair, certamente também perderá  para o tucano que não conhece o sabor da derrota"



Por Eunicinha Lourenço

A capital brasileira, como centro do poder, nos últimos dias vem preocupando a gregos e troianos no tabuleiro da sucessão rumo ao Palácio do Buriti. Até a ex-ministra Damares, filiada ao Republicanos, foi lançada pelo presidente da legenda no DF, Wanderley Tavares, e para a disputa do governo da cidade criada por Juscelino Kubitschek, profetizada no sonho de Dom Bosco!


O empresário Wanderley Tavares, presidente do Republicanos sonhou com Damares no Buriti. Não se sabe se ela disputará algum cargo no dia 2 de outubro


Talvez por isso, Brasília esteja no mapa dos estudiosos da área espiritual, entre uma das cidades mais espiritualizadas do Planeta Terra, onde, por exemplo, príncipes maias, magos, ninfas e guerreiros se conectam com o além durante rituais simultâneos no Vale do amanhecer, que dista 39 km do Palácio da Alvorada, residência do presidente da República.

Duas frases de Juscelino Kubitschek de Oliveira. Uma delas, o ex-presidente Sarney cita para pessoas especiais: ' Só aceito o julgamento do povo, pois só nele reconheço o juiz de minhas ações'. ' Faça o povo gostar novamente de política'.

Nesse sentido, um importante parlamentar brasileiro fez uma palestra para uma seleta plateia em São Paulo em 2021, referente à possibilidade de Juscelino ter sido uma reencarnação do Faraó egípcio Akhenaton, que viveu 3.600 anos atrás. Entre as perguntas respondidas pelo palestrante, uma delas sugere que o nosso país poderá ser governado pelo mesmo modelo adotado por JK. 



Reguffe, Ibaneis e Izalci estão na disputa. Arruda          certamente não repetirá Brizola em 1962 no Estado da Guanabara.          O gaúcho obteve 1/3 dos votos para deputado federal. O mineiro          tem potencial para 1/7
Reguffe, Ibaneis e Izalci estão na disputa. Arruda certamente não repetirá Brizola em 1962 no Estado da Guanabara. O gaúcho obteve 1/3 dos votos para deputado federal. O mineiro tem potencial para 1/7


Conjecturas espiritualistas à parte, o senador Antonio Reguffe (União Brasil), conhecido pelo seu rigor com a coisa pública e também pela sua indecisão, se estará ou não na disputa pelo GDF, nesta semana confirmou que sua candidatura é pra valer, o que certamente garante o segundo turno. 

O senador Izalci Lucas aposta na eleição de Leonardo Nardy para a Câmara Federal


Por outro lado, existem dúvidas no time do Arruda (PL), se após o dia 3 de agosto ele não voltará a pensar em voltar a ocupar novamente a cadeira que foi comandada por Roriz em quatro mandatos. Enquanto isso, o governador Ibaneis nada de braçadas no Lago Paranoá a todo vapor. A priori e ao seu lado, o casal Arruda. Ela, pré-candidata ao Senado e ele, pré-candidato a deputado federal. 

Paco Britto, se tivesse eleição para melhor vice no Brasil, poderia ser o mais bem avaliado vice-governador do país. Trabalhador, articulado, discreto e querido pela população como ele, só o saudoso Marco Maciel. Este foi vice-presidente da República de Fernando Henrique Cardoso - FHC e se notabilizou como o vice dos vices de nosso país.


Paco, que só poderá disputar o cargo de vice, aguarda com a prudência de Marco Maciel os últimos minutos do segundo tempo. O nosso entrevistado, o advogado criminalista Leonardo Nardy, tucano de quatro costados e pré-candidato a deputado federal pelo DF, é famoso pela sua atuação no Tribunal do Júri no DF e em sua luta a favor das famílias humildes que perderam seus entes queridos na tragédia de Brumadinho em Minas Gerais. Nardy nos disse:

"Como conterrâneo de JK, lá em Minas aprendemos desde infante a comer mingau quente pelas beiradas. Por isso, eu entendo que o senador Izalci Lucas ( PSDB) que por quase três décadas se preparou para governar Brasília, ganhará a eleição com as estratégias de nosso estado natal. Izalci se elegeu por duas vezes deputado distrital e teve uma atuação forte nas áreas de educação e tecnologia, quando lançou a Cidade Digital em 2004, ocasião em que ocupou a Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Em seus mandatos na Câmara ele deixou seu legado na área da educação e quando permitiu que mais de 50% dos brasilienses que moravam ou trabalhavam em áreas sem escrituras tivessem seus terrenos legalizados por meio da regularização fundiária, com total gerenciamento jurídico do competente advogado agrário Mario Gilberto, cuja Lei é a de número: 13.465/2017.Tudo feito com amor por Brasília e sob a batuta de Izalci Lucas. No Senado Izalci é exemplo do cidadão de bem que orgulha Brasília, defende a educação de qualidade igual para todos os segmentos da sociedade, além de seu trabalho de excelência prestado ao Brasil como presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional no Senado. 

Dr. Leandro é um dos astros do Tribunal do Juri da capital brasileira. Atua também como advogado de importantes mineradoras de Brasil


Cotado diversas vezes para ser ministro da Educação, o senador Izalci declinou da honraria por ter compromissos com Brasília e é o único entre os governadoráveis que tem um projeto consistente para governar Brasília. Além disso, em todas as pesquisas, Izalci tem a menor rejeição. Por isso, enquanto os gigantes dos recursos financeiros: Reguffe, fala-se em 30 milhões do União Brasil e Ibaneis, que além do gordo fundo eleitoral do MDB, conta também com recursos próprios; o senador Izalci caminha firme com suas sandálias da humildade, e estrategicamente chegará ao segundo turno, tirando pontos significativos dos dois gigantes e, claro, comendo pelas beiradas como o bom mineiro sempre fez", concluiu Nardy.

Como se vê, o mineirismo poderá ser o protagonista em Brasília e no plano nacional. Enfim, os saudosos Tancredo e Magalhães pinto afirmavam: "Política é como nuvem. Você olha para cima e está de um jeito, olha novamente e está completamente diferente". Salve Otto Lara Rezende!
Emerson Tormann

Técnico Industrial em Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Especialista em inspeção predial. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem