IESB

Para Macseg a Assinatura Digital pode ser considerada como economia sustentável

 



Todas as inovações impactam a vida das sociedades ao redor do mundo, trazendo benefícios para a humanidade

É fato que os aspectos de mobilidade, agilidade na comunicação mundial, operabilidade nos negócios on-line são resultados das novas tecnologias e muito perceptíveis a qualquer um que esteja atento a essas facilidades. Contudo, o assunto da atualidade é a eficiência na realização de atividades com uso consciente dos recursos naturais, ou seja, uma economia sustentável.

De forma geral, os primeiros pensamentos que surgem quando falamos de sustentabilidade são sobre economia de água, de energia e reciclagem. Mas Serafim Cunha, diretor da Macseg Certificadora Digital,

Destaca que este conceito vai além da responsabilidade individual e engloba o coletivo – instituições e entidades de diversos setores da economia do país, assim como órgãos públicos e a sociedade - que têm seus deveres e suas obrigações.

A sustentabilidade está diretamente relacionada ao desenvolvimento econômico, por isso, o principal desafio das empresas e, em alguns setores específicos do mercado brasileiro, é utilizar a tecnologia para alcançar o nível de “papel zero”, garantindo agilidade e a segurança nos processos e na gestão dos negócios, além de não haver o desmatamento de tantas árvores no planeta.

Isso é possível usando os certificados digitais e as assinaturas digitais para formalizar contratos com validade jurídica simultaneamente e em segundos, evitando custos com o registro em cartório, redução de tempo de formalização e sem uso do papel para impressão, além da digitalização de documentos que passam a ser digitais e eletrônicos.

“Os benefícios também incluem as pessoas físicas, entre eles estão ir ao médico, se consultar, receber a medicação, realizar exames, tudo sem uso de papel”. Outras possibilidades são não receber mais extratos bancários ou faturas de cartões de crédito pelos Correios, mas de forma digital para realizar os pagamentos eletronicamente, assinar documentos totalmente digitais e contratos com validade jurídica que só existem no ambiente eletrônico.

Com o certificado digital, tudo passa a ser possível com uma assinatura digital que tem o respaldo jurídico e segurança das informações nas transações efetuadas. O executivo ressalta que existem vários tipos de certificados digitais, cada um deles é destinado especificamente a um público e a sua necessidade – tanto para pessoa física, pessoa jurídica, setor bancário e internacional.

Segundo Serafim, é importante que, ao adquirir um certificado digital em alguma destas modalidades, o usuário verifique se é de uma Autoridade de Registro (AR) que utiliza padrões ICP-Brasil e se está credenciada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI para garantir as características de segurança relacionadas ao tipo de certificado escolhido e que todo o processo seja validado.

“Mesmo não eliminando ‘ainda’ os documentos físicos, tanto o certificado digital quanto a assinatura digital deixaram de ser uma tendência e já são uma realidade mundial, presentes no dia a dia de toda a sociedade, reduzindo custos, gerando economia de tempo, trazendo organização e, principalmente, promovendo a sustentabilidade econômica ao reduzir significativamente o uso do papel”, finaliza.

 

Sobre a Macseg (www.macsegdigital.com.br)

 

A Macseg Certificadora Digital é a primeira Autoridade de Registro (AR) do interior do Estado de São Paulo, com sede em Ribeirão Preto e mais 10 unidades nas cidades de Sertãozinho, Pitangueiras, São Joaquim da Barra, Mococa, Santa Rosa de Viterbo, Morro Agudo, Cajuru, Brodowski e Guaxupé (MG).

Com atuação desde 2006, a empresa conta uma rede própria para a venda e validação de certificados digitais com tecnologia da multinacional Valid, é credenciada na hierarquia ICP-Brasil para emissão de certificados digitais e é homologada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

 

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem