IESB

Secretários de Educação do Litoral do Paraná participam de formação sobre liderança

Projeto Liderar é um dos pilares do ADE Litoral Paranaense, formado pelos sete municípios da região


Créditos: divulgação


Com foco no fortalecimento de lideranças, secretários de Educação e técnicos de Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná participam do Projeto Liderar, um dos pilares do Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE) Litoral Paranaense. Por meio do desenvolvimento pessoal e da troca de experiências entre os participantes, o projeto busca o fortalecimento das lideranças. Os encontros estão sendo conduzidos pelo Instituto Positivo e consultores especializados da R2M Business.

De acordo com a analista de Implantação de Projetos do Instituto Positivo, Amanda Rocha, o Liderar é um projeto contínuo que tem como característica a flexibilidade de temáticas, buscando atender às necessidades dos participantes. “Realizamos uma pesquisa preliminar para compreender quais são os desafios da gestão enfrentados no cenário de 2022 e os previstos para 2023, o que permitiu um planejamento assertivo da ementa dos encontros. Queremos contribuir ainda mais com o desenvolvimento pessoal e profissional de todos”, destaca.

O relatório apresenta as necessidades e os desafios referentes ao desenvolvimento pessoal apontadas pelos integrantes do ADE Litoral Paranaense. O resultado da pesquisa autoavaliativa destaca que 50% dos entrevistados nunca participou de um programa de desenvolvimento pessoal. 

A professora e técnica da secretaria de Educação de Matinhos, Juliana Niesborski, não teve a oportunidade de participar de um projeto de desenvolvimento pessoal como o apresentado pelo ADE e afirma ter boas expectativas sobre o Liderar. “O primeiro encontro foi bastante dinâmico e reflexivo, envolvendo toda equipe para o autoconhecimento. Espero avançar ainda mais na minha evolução pessoal. Entendo que, dessa forma, conseguirei contribuir de maneira mais efetiva com todos do meu grupo na secretaria e, consequentemente, com toda a educação municipal. O autoconhecimento é um fator extremamente importante para líderes, pois permite compreender e contribuir também com o outro.”

Os assuntos tratados no projeto estão presentes em quatro dimensões de conteúdo com desdobramento de acordo com os apontamentos dos gestores na pesquisa.  Na temática comunicação, será trabalhada mediação de conflito e comunicação assertiva; no autoconhecimento, inteligência emocional e gestão de tempo; dentro de colaboração, atitude colaborativa; e aspectos de liderança estarão presentes em todas elas.

A secretária municipal de Educação de Paranaguá, Tenile Cibele do Rocio Xavier, avalia como positiva a iniciativa. “Enquanto liderança do meu município é muito bom passar por esse processo de autoconhecimento. Somos líderes diante de uma rede, então, saber se reconhecer como liderança e identificar nossos desafios diários tem sido importantíssimo. No dia a dia, nós aprendemos a parte burocrática e parar um momento para, junto com profissionais capacitados, olhar para nós e identificar como estamos diante da nossa gestão fará muita diferença. Os encontros são de muita alegria e motivação. Enquanto me desenvolver como pessoa, consigo ser melhor líder, e é o que faz valer a pena”, finaliza.

Sobre o ADE Litoral Paranaense

Incentivador do modelo de cooperação  intermunicipal em prol da Educação e dedicado a estudar e difundir a metodologia dos ADEs no Brasil, o Instituto Positivo é parceiro da Associação dos Municípios do Litoral Paranaense (Amlipa) na implantação do primeiro ADE do Paraná. Atualmente, sete secretários de educação da região e as suas equipes trabalham de forma conjunta e em comum acordo para melhorar a qualidade do ensino no território. Fazem parte do ADE Litoral Paranaense os municípios de: Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná. Os trabalhos iniciaram este ano.

Instituto Positivo

O Instituto Positivo (IP) foi criado em 2012 para fazer a gestão do investimento social de todo o Grupo Positivo em favor da comunidade. A missão do Instituto Positivo é contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Pública do Brasil por meio do incentivo ao Regime de Colaboração. Para tornar isso possível, o IP incentiva e apoia a implantação de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADE) em todo o país, desenvolve pesquisas e publicações sobre o tema e participa de discussões em instâncias como MEC, CNE, Senado e Câmara de Deputados a fim de contribuir em propostas de lei e resoluções que favoreçam esse modelo de Regime de Colaboração. O Instituto também é responsável pela gestão do Centro de Educação Infantil Maria Amélia, em Curitiba, que atende gratuitamente cerca de 100 crianças em situação de vulnerabilidade social. Para ter mais informações, acesse o site do Instituto Positivo: instituto.positivo.com.br.

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem