Bio Caldo - Quit Alimentos

As mulheres do circo em Samambaia

As herdeiras do Mestre Zezito
As herdeiras do Mestre Zezito - Foto / Divulgação

O Projeto Herdeiras do Mestre leva oficinas e espetáculos circenses com as filhas e a esposa do saudoso Mestre Zezito


"O palhaço é a única criatura no mundo que ri de sua própria derrota e ao agir assim estanca o curso da violência. Os palhaços ampliam o riso da Terra". Essas palavras do saudoso artista da cultura popular, José André dos Santos, o Mestre Zezito, inspiraram a viúva Neide de Nazaré e as filhas, Rita de Cássia, Maria de Nazaré e Isabel a criarem o projeto Herdeiras do Mestre que nesta quinta (28), às 8h30, na Associação Maria de Nazaré (QR 404 - Samambaia Sul) inicia a circulação em Samambaia do espetáculo circense da Família Zezito.

Ainda na quinta-feira, a Escola Classe (EC) 512, às 11h e às 13h30, seguida do Centro de Referência de Defesa da Vida Santos Inocentes (QN 433 Conjunto B Lotes 1/3 - Samambaia Norte), às 16h, também receberão apresentações do espetáculo circense da Família Zezito.  As últimas apresentações da circulação serão na terça-feira (03/10), na EC 325 (Samambaia Sul) às 11h e às 13h30. Tudo gratuito. Este projeto é patrocinado pelo FAC-DF.

Oficina de construção de brinquedos populares na Escola Classe 325, de Samambaia Sul
Oficina de construção de brinquedos populares na Escola Classe 325, de Samambaia Sul - Foto / Divulgação

A proponente e diretora artística do projeto, Neide de Nazaré, fala que é sempre uma experiência marcante poder circular com o espetáculo circense da Família Zezito por espaços culturais e escolas da cidade, fazendo com que o público tenha acesso a história do circo em Brasília e seja contemplado com atividades circenses de qualidade.

"Priorizamos alunos da rede pública de ensino, de todas as idades, prioritariamente de baixa renda e pouco acesso à cultura", disse a diretora artística.

A proponente também explicou que além das seis apresentações também realizou oficinas muito interativas. 


Brinquedo popular fabricado por aluno do projeto na EC 325 - Foto / Divulgação

"Também oferecemos em junho, de 20 a 23 junho, na EC 325,  duas oficinas de construção de brinquedos populares e duas oficinas de perna de pau. Foi maravilhoso fazer os meninos largarem os celulares e terem experiências reais, colocando as mãos e as pernas (risos) para funcionar. Não têm preço o brilho nos olhos de cada um deles!", revelou Neide.

Boneco e Riso

A Companhia Circo Boneco e Riso foi criada em 1968 na cidade de Juazeiro do Norte (CE) por José André dos Santos - imortalizado pelo apelido de "Mestre Zezito" - que, em 1991, transferiu-se para o Distrito Federal, com sua companheira Rosineide Amorim.  Em 1994, os integrantes do grupo começam a desenvolver oficinas de confecção de brinquedos populares, oficinas de perna de pau, Mestre Zezito tornou-se o palhaço Pilombeta, criativo, encantador de crianças e adultos com números espetaculares de perna-de-pau, trapézio, equilíbrio, entre outros.

Ainda no Circo começou a brincar com teatro de bonecos (mamulengo), bonecos gigantes, cantigas de palhaço, sempre ensinando jovens das periferias, das ruas, de grupos diversos. Foi nesse meio que conheceu Rosineide de Nazaré, que se tornou sua esposa e com quem teve três filhas: Rita de Cássia, Maria e Isabel que completam o grupo nos trabalhos de oficina de brinquedos populares, oficinas teatrais e outros. Mestre Zezito faleceu em 4 de maio de 2006. As quatro continuaram o trabalho do mestre, com a escola de brinquedos e circo e se apresentando inclusive com números novos.

A Companhia traz a mais genuína alma do circo popular brasileiro em suas intervenções pela simplicidade com que, em seus quase 40 anos de existência, vem perpetuando números tradicionais de circo tais como: mágicas, mamulengo, entradas de palhaços, malabarismo, perna-de-pau, monociclo, ventriloquia e canções populares. Tendo influenciado muitos artistas do Distrito Federal e Goiás, bem como tem sido foco de interesse de pesquisadores da cultura popular brasileira. Atualmente a mais representativa mostra de arte circense de Brasília leva o nome do mestre, a Mostra Zezito de Circo. 

Serviço:

O que: Circulação em Samambaia do espetáculo circense da Família Zezito do Projeto Herdeiras do Mestre

Quando e onde:

Quinta-feira (28/9) - às 8h30, na Associação Maria de Nazaré (QR 404 - Samambaia Sul); às 11h e às 13h30 na Escola Classe (EC) 512 (Samambaia Sul); às 16h no Centro de Referência de Defesa da Vida Santos Inocentes (QN 433 Conjunto B Lotes 1/3 - Samambaia Norte)

Terça-feira (03/10), - às 11h e às 13h30, na EC 325 (Samambaia Sul) 

Tudo gratuito

Este projeto é patrocinado pelo FAC-DF
Informações: (61) 98225-6371

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem