IESB

CLDF inaugura galeria fotográfica das 21 deputadas que fizeram história no Legislativo local

Inauguração da galeria no foyer do plenário faz parte da programação da 3ª Semana Legislativa pela Mulher

Foto: Renan Lisboa.

Na abertura da 3ª Semana Legislativa pela Mulher, nesta terça-feira (31), a Câmara Legislativa inaugurou a galeria de fotografias das 21 deputadas que passaram pela Casa de 1991 à legislatura atual. Os rostos e nomes retratados representam parte da história de protagonismo político e luta por representatividade e participação democrática feminina direta no Distrito Federal. Instalada no foyer do plenário, a Galeria das Parlamentares é permanente e será atualizada à medida que mais mulheres tomarem assento no Legislativo local.

"Após 90 anos da conquista do direito ao voto, ainda carecemos de meios para alcançar a equidade política entre homens e mulheres", destacou Patrícia Nogueira Andrade, diretora da Escola do Legislativo da CLDF (Elegis), uma das realizadoras do evento. "Essa galeria está composta por 21 mulheres de muita coragem, que abdicaram, muitas vezes, de suas vidas pessoais em prol da sociedade", completou.

Responsável pela curadoria e montagem da galeria, a presidenta do Conselho Curador de Cultura da CLDF, Jane Marrocos, disse estar emocionada com a inauguração, que contou com a presença de 14 das 21 retratadas. "Ver as três parlamentares constituintes aqui me arrepia. Não foram só deputadas, tiveram uma representatividade incrível para as mulheres", afirmou. As deputadas distritais pioneiras foram: Maria de Lourdes Abadia (1991-94); Rose Mary Miranda (1991-94) e Lúcia Carvalho (1991-2002).

Em seu terceiro mandato, a deputada Arlete Sampaio (PT) – 2003-2006; 2011-2014, e 2019-2022 – apontou que, atualmente, as mulheres ocupam três cadeiras na CLDF. É o mesmo número da primeira legislatura, observou. "Nesse período, tivemos avanços e retrocessos. Por que razão, sendo maioria da população, seguimos sendo uma minoria brutal na Casa?", refletiu. "Seguiremos brigando para que mais mulheres possam se fazer representar", emendou. A distrital lembrou, ainda, que Lúcia Carvalho foi a primeira mulher a presidir o Legislativo local, e que Maria de Lourdes Abadia foi a primeira a governar o DF.

Abadia, relatou Júlia Lucy (União Brasil), ocupa um lugar especial na memória da distrital: "Quando criança, recebi um panfleto de suas mãos". Procuradora especial da Mulher da CLDF, Lucy disse: "Sempre me incomodou ver poucas mulheres em cargos de direção. Algumas conseguiram romper, e isso serve de exemplo para outras. Essa galeria mostra ser possível". Ela reforçou ser importante valorizar cada mulher que passou pela política e asseverou que todas as pautas pertencem ao segmento feminino, sejam assuntos sociais, economia ou segurança.
 
Além de algumas temáticas e pautas ainda serem tidas como "masculinas", o sistema político atual – dominado por homens – carrega outro preconceito maior: que a política seria um espaço de homem. A ex-distrital Telma Rufino, uma das autoras da lei que criou a Semana Legislativa pela Mulher, contou ter vivido muita discriminação em sua trajetória política: "Cheguei a ouvir que lugar de mulher era no tanque".

A ex-distrital e hoje deputada federal Celina Leão (PP/DF) coordena a bancada feminina da Câmara dos Deputados, composta por 79 parlamentares. "São deputadas da esquerda, da direita e do centro, e cada uma de nós tem muito a contribuir. E o que cada uma passou foi uma grande batalha", afirmou. Ela lamentou, ainda, que cerca de mil assembleias legislativas e câmaras municipais não tenham sequer uma representante feminina.
 
Por sua vez, a deputada Jaqueline Silva (Agir) reforçou a "luta diária" das mulheres no Parlamento local e resumiu: "Mais importante que a homenagem é o respeito à nossa atuação".

Por fim, o presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), disse que a Galeria das Parlamentares "liga um sinal de alerta": "Em 30 anos, temos apenas 21 mulheres estampadas". E o segundo-secretário da Casa, Robério Negreiros (PSD), defendeu uma proporção maior de mandatárias, em consonância com o número de mulheres na sociedade.

Parlamentares presentes

Das 21 retratadas, 14 estiveram presentes na solenidade de inauguração da galeria:

Maria de Lourdes Abadia (1991-94)
Rose Mary Miranda (1991-94)
Lúcia Carvalho (1991-2002)
Maria José Maninha (1995-2002)
Ivelise Longhi (2003-2006)
Jaqueline Roriz (2007-2010)
Rejane Pitanga (2011-2012)
Celina Leão (2011-2018)
Sandra Faraj (2015-2018)
Telma Rufino (2015-2018 / 2019 / 2021)
Kelly Bolsonaro (2019)
Professora Maria Antonia (2021-2022)
Jaqueline Silva (2019-2022)
Júlia Lucy (2019-2022)
Arlete Sampaio (2003-2006 / 2011-2014 / 2019-2022)
Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.

Postagem Anterior Próxima Postagem